Diferenças entre Ética e Moral

segunda-feira, setembro 25, 2017





       Desde o berço, nos é ensinado que há coisas boas e outras ruins, existe o certo e o errado. E é a partir desta dualidade que surgem as reflexões sobre os conceitos de ética e moral. Mas o que ética e moral significam? No contexto da sociedade atual, elas são as responsáveis por estabelecer as bases de conduta de determinado povo, contribuindo para a boa relação de convivência entre os diferentes grupos. Geralmente, ética e moral se confundem, porém elas possuem uma sutil diferença. A ética é a reflexão sobre a forma certa de agir, a moral é a prática.


       A ética, antigamente, estava relacionada às virtudes, baseada na “aretê” de Homero. A aretê é a qualidade da excelência, de cumprir a função a que determinado indivíduo está destinado. No caso dos homens, por diferenciar-se dos outros animais através da sua característica racional, a sua excelência está no bom uso da razão. Já nos tempos modernos, a ética ganhou um novo significado. Para Immanuel Kant, a ética é o amor ao dever. É praticar o bem por si mesmo. Devemos guiar nossas ações de maneira que nossas inclinações estejam subordinadas à moralidade, e não às nossas intenções secundárias, em busca do benefício próprio. Devemos refletir sobre nossas ações tendo em mente se estaríamos satisfeitos se elas se tornassem leis universais. Esta é a função da ética na sociedade, servir de vigilante das regras de conduta. Se o que fazemos contribui para o bem social, para a ordem e as boas relações em sociedade, a moral não estará sendo falha em seu propósito.

       A moral está relacionada aos costumes de determinada sociedade, aquilo que é visto como certo ou errado. Geralmente trata-se do dever, da ação e da justiça. Enquanto a ética é a nossa reflexão sobre a prática da moral, que nos guia na escolha da maneira como devemos agir, a moral é o que determina o que é correto. É aquilo que fazemos quando ninguém está vendo, e que não temeríamos fazê-lo em público. A coerção social é responsável por impedir que aqueles de má índole se manifestem, e isto acontece não por serem verdadeiramente bons, mas por temerem a punição.

       Podemos perceber então que a ética e a moral em sociedade são necessárias para que as pessoas possam ter um bom convívio social, pois sem ela retornaríamos a época em que tudo era permitido, ao tempo das barbaridades, em que as liberdades não seriam respeitadas, e o mundo se tornaria um caos completo.


Disciplina: Ética e Legislação em Jornalismo
Faculdade Cearense

Você pode gostar também

0 comentários

Curta a página no Facebook

Anúncio